INFORMAÇÕES

COMO DETERMINAR O SEXO DE UM POMBO NOS PRIMEIROS DIAS DE VIDA

COMO DETERMINAR O SEXO DUM POMBO NOS PRIMEIROS DIAS DO SEU NASCIMENTO


Antes de entrar no método descoberto com êxito, vejamos os diversos critérios que o columbófilo tem praticado até à data:

1.º O primeiro ovo que a fêmea põe, é um macho… percentagem de acerto não superior a 50%;

2.º O ovo mais pontiagudo num extremo, é um macho. É o mesmo método do primeiro já que se existe um ovo mais pontiagudo num extremo, sempre é o primeiro, por um problema de dilatação da cloaca.

3.º Dos três dedos principais, se unirmos os dois do extremo, se são de diferente longitude, é um macho. A diferença não é muita, são sensivelmente 1 a 2 mm. Só conta os dedos, não a unha. Como fazer: Agarrar o pombo voltado para nós de maneira que se possa esticar a pata do meu lado direito, e aperto os dedos junto da articulação do pé( é como se nós na nossa mão juntássemos o dedo indicador ao anelar deixando para trás o dedo médio)… percentagem de acerto não superior a 50%;

4.º Há quem faça: pega num fio de ouro (de trazer ao pescoço) coloca o crucifixo a prumo junto da cloaca do borracho e se este se movimentar em circulo é sinal de fêmea, se o movimento for em linha será macho. Existe percentagem de erro.

5.º Quando os borrachos têm seis ou sete dias, o mais redondo é a fêmea…percentagem de acerto superior a 50% já que tem que ver com a sexualidade. É um método que sempre se usa como complemento.

6.º Às 4 a 6 semanas do borracho, o brilho do pescoço do macho é mais acentuado do que nas fêmeas, mas tem as suas falhas.

7.º A seguir indico o método dum columbófilo belga« Bravante Wallon» e que serviu de base para o método que irei apresentar mais adiante:
7-1 O método que este columbófilo belga pratica é um exame à cloaca do recém nascido.
7-2 Pratica-se o exame aos 4 ou 5 dias do nascimento do borracho.
7-3 Nos machos, o bordo superior da abertura da cloaca forma uma saliência marcada que recobre o bordo inferior.
7-4 Nas fêmeas, o bordo inferior da cloaca forma um relevo mais marcado do que a superior.
7-5 Examinando de frente a cloaca do borracho aos 4 ou 5 dias de ter nascido, verificamos:

a) No macho a abertura da cloaca apresenta um lábio dorsal concavo             e um lábio ventral convexo               , estando as duas comissuras viradas para cima.
b) Na fêmea, a abertura da cloaca apresenta um lábio dorsal convexo        e um lábio ventral concavo        e as comissuras viradas para baixo.

Este último método é praticado com bastante êxito, mas considerado demasiado complexo, pelo que se procurou outro e que sirva para todo o mundo.

8.º Baseando-me no exame da cloaca, verifiquei, que os borrachos de 4 a 6 dias tinham uma forma diferente da cloaca fácil de determinar. Vimos que a cloaca do macho era mais pontiaguda em forma cónica, e que na fêmea era mais plana e arredondada.
Aplicou-se este critério a 40 borrachos e acertou-se em 100%.

Para aqueles que pretendam aplicar este método, aconselho:

8-1 Para fazer o exame colocar um borracho em cada mão, com o “rabiote” virado para nós.
8-2 Examinar diversos borrachos antes de tomar uma decisão. Se existir dúvidas, deixar para o dia seguinte.
8-3 Os borrachos têm que ter aproximadamente 4 a 6 dias, é quando a diferença é maior, ou seja, é quando se nota melhor a diferença.
8-4 Se podermos, praticar este exame no princípio com a ajuda dum amigo.
8-5 Considero que a percentagem de sucesso seja de 100%, dependendo do observador, mas nunca inferior a 80-90%.
8-6 Ao princípio poderemos fazer exames com outras referências, que nos servem como complemento de observação e poder de decisão.
8-7 Quando se determinar o sexo, colocar uma marca vermelha no macho (ou outra cor) e ir controlando a nossa escolha para verificar se tudo bateu certo.


OBRIGADO AO: SR. AMERICO ROCHA PELO DOCUMENTO FORNECIDO